MJFanForum
Cadastre-se agora no fórum com verdadeiro amor ao Rei e Anjo Michael Jackson! Material exclusivo e atualizado diariamente! Já nos conhece? Então faça o login e aproveite!

E-mails do presidente da AEG manda forjar cores no calendario para enganar Michael nas datas dos shows

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

E-mails do presidente da AEG manda forjar cores no calendario para enganar Michael nas datas dos shows

Mensagem por izilda em Qui Maio 30, 2013 5:27 pm



Três meses antes de Michael Jackson morrer, um alto executivo da promotora de shows AEG Live , escreveu um e-mail para um outro executivo da companhia, dizendo: "Nós precisamos de puxar o plugue agora, vou explicar."

O e-mail foi enviado em 25 de março de 2009, e partiu de Randy Phillips para Paul Gongaware, que prestou depoimento na terça-feira o que se espera, seja o primeiro de vários dias de depoimentos.

Gongaware negou que o e-mail era uma referência de puxar Michael Jackson de "This Is It" concertos em Londres, mas em vez disso foi atiçado para "puxar o plug por Karen Faye", cabelereira do cantor, maquiadora e amiga de longa data que havia expressado seu temor sobre a saude debilitada de Jackson

"Nós nunca conversamos sobre puxar o plug da turne de Michael Jackson não que eu me lembre.", Disse Gongaware, co-executivo-chefe da divisão de turismo da AEG Live.

Faye testemunhou no início do julgamento e disse para Kenny Ortega, diretor da turnê em junho que ela estava preocupada, que Jackson iria morrer.

Em 25 março de 2009, por e-mail, Ortega escreveu para Gongaware que era de Kathe Faye a e "opinião forte que isso estava perigoso e impraticável sobre a atenção à saúde do MJ e sua capacidade de executara turne." O cantor morreu em 25 de junho de 2009, enquanto ele estava ensaiando para a turnê.

O e-mail, mostrado ao júri no processo faltoso morte movida pela mãe de Jackson e dos filhos, levanta questões sobre de que muito antes as pessoas começaram a enviar avisos sobre a saúde de Jackson.

"Eu acho que Kenny queria puxar o plug dela, porque da forma como ela lidou com a situação", disse Gongaware depondo sobre Faye. "Ela tentou controlar o acesso a Michael Jackson, Kenny não gostou disso."

Em outros e-mails mostrados ao júri, Gongaware denegriu a ética de trabalho de Jackson. Ele disse a seu assistente para alterar as cores de um calendário para o cantor pensar que ele tinha mais dias de folga.

"Quando ele ver isso então vai parece que ele não está trabalhando muito", escreveu Gongaware.

Outro e-mail, Gongaware disse, sobre a necessidade de Jackson aparecer em uma coletiva de imprensa em Londres anunciando os shows.

"Nós não podemos ser forçados a parar isto, que MJ vai tentar fazer porque ele é preguiçoso e muda constantemente sua mente", escreveu ele.

Explicando no e-mail, Gongaware testemunhou que Jackson "realmente não gostava de ensaiar. Ele não gosta de fazer esse tipo de coisa."

A mãe de Jackson e seus três filhos estão processando a AEG por negligência contratação e supervisão de Conrad Murray , o médico que administrou a dose fatal do anestésico propofol ao cantor.

AEG afirma que Jackson contratou Murray e que qualquer dinheiro que a empresa deveria pagar o médico era na verdade parte de um adiantamento que seria para o cantor.


Los Angeles Times

_________________

É tudo por amor.
avatar
izilda
Invincible
Invincible

Feminino Mensagens : 2226
Idade : 59
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum